terça-feira, 23 de agosto de 2011

Metades de Yoko



É minha crônica no site do amigo Paulo Cheng.

Pessoal, por favor,
leiam e comentem também por lá!

Muito obrigada a todos
e ao Paulo pelo espaço.

30 comentários:

  1. Gostei muito Cissa, parabens vc é uma grande cronista!

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito!!!! Essa eu não conhecia... hehehehehehe Parabéns a ti pelo texto e ao Paulo pelo desprendimento em colocar um texto teu!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cissinha, fui lá conferir!

    A crônica está maravilhosa.

    Parabéns pela parceria!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Cissa sua crônica é muito boa e so posso dar-te os parabéns e congratular com o Paulo por ter escolhido esse seu texto para postar.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  5. DEDÉ,
    obrigada pela força e acompanhar o texto lá no Paulo! Abraçãooo

    BEL,
    acho que esse tu não conhecias mesmo! rsrs
    Beijocas 1000!

    BENTINHO,
    obrigada novo amigo! Dizer por lá que a gramática está excelente, me encheu de felicidade! Beijos!

    MARLY,
    obrigada, garota! Mas o Paulo é tão gente boa, que disse para eu mesma escolher a crônica. Sorte que ele gostou também! Abracinhos!

    RODRIGO E MAYCON!(Bixudipé)
    Que bom que gostaram e, principalmente, apareceram. Que honra! Beijos aos dois!

    ResponderExcluir
  6. Texto escrito de forma magistral, como de hábito.
    Valeu, Ana.

    ResponderExcluir
  7. Caramba, Cissa, o texto estava tão bom que acabei exagerando no comentário! Falei da Yoko e das pessoas que só querem dividir para depois subtrair, como tá cheio de gente assim, viu?

    Muito legal mesmo a crônica! :)

    Bj

    ResponderExcluir
  8. Cissa.
    Achei muito bom o texto. Ótimo para refletirmos sobre nós mesmos.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Cissa, já fui lá e dei pitaco :D
    bjokitas querida!

    ResponderExcluir
  10. JACQUES,
    se tu fosse crítico literário, eu já teria publicado um moooonte de livros! rsrs Beijos!

    JAIME,
    gostei muito do "comentarião" lá no site do Paulo, muito obrigada! Beijos!

    EVALDO,
    agradeço a consideração e a reflexão proposta no comentário, lá no site do Paulo! Beijos!

    MEIRE,
    obrigada amiga, pela participação! Beijocas!

    CHICA, HUGO, MARILENE, MA,
    obrigada por comentarem no site do Paulo, a opinião de vocês é importante! Agradeço a participação! Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Nossa! minha loirinha linda...
    Sua crônica está divina...amei...aplausos...
    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  12. Gostei "de montão", como dizemos aqui em Minas.
    :)

    Já deixei meu recadinho por lá.

    Tenha uma ótima quarta feira.

    Beijinhossssssss,

    Cid@

    ResponderExcluir
  13. Cissa, minha querida, parabéns pela crônica tão bem escrita, aliais você é de um talento que dispensa qualquer tipo de comentário. Um beijo grande nesse seu coração.

    ResponderExcluir
  14. SEVERA,
    obrigada. Abração!

    CIDA, querida amiga mineirinha! Obrigada pela presença e consideração! Beijinhos!

    PAULO CÉSAR,
    obrigada pelo elogio. A recíproca é verdadeira. Grande abraço, amigo!

    ResponderExcluir
  15. JIM,
    que saudades do "Estilo Distinto"!!! E os teus comentários da madruga! Apronta logo o site, assim dá para ver teu trabalho e comentar também.
    Beijãooooo

    ResponderExcluir
  16. Ótima crônica Cissa, bem divertida e reflexiva, vc tem facilidade de escrever coisas legais sem ser monótonas. E esse é o começo de uma parceria de sucesso.

    Parabéns pelo texto, valeu!!!

    ResponderExcluir
  17. Acabei de ler o texto, muito bom e gostoso de ler, como sempre. Também deixei lá um comentário, sobre o que eu penso da Yoko e daquela "síndrome de Yoko" rsrs.

    Parabéns pela crônica e um grande beijo minha amiga,

    Almir Ferreira
    Rama na Vimana

    ResponderExcluir
  18. Cissa o/
    Ah eu vou comentar sobre a crônica lá no blog do Chengão!

    Sim, o legal nesse personagem Pain, de Naruto é o olhar e os piercings pelo rosto..é o único personagem da série a adotar esse visual "body piercing rs". Eu tento fazer uma introdução básica sobre o personagem porque assim facilita para que as pessoas o conheçam..mas só falo o básico.
    bjs
    http://www.empadinhafrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. PAULO,
    obrigada amigo e parceiro! Grande abraço!

    BÁRBARA,
    obrigada pela leitura! Beijocas!!!

    ALMIR,
    brigadão meu amigo. Grande beijo!

    TSU,
    obrigada por comentar por lá também, amigona!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  20. SANDRINHA,
    carina!
    Io ho molta fiducia da lavorare con Paulo Cheng che c'è una anima meravigliosa.
    Te reingrazio per belle parole i che Dio te benedica!
    Auguri!

    ResponderExcluir
  21. passando para te convidar a dá uma passadinha no blog do meu amigo e ver o acróstico que Regininha fez prá ele.Deixa teu comentário lá para ela se sentir feliz.É uma menina que precisa do nosso incentivo para ver se aparece alguém que dê força para ela escrever seu livro.
    http://pedrofransilva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. SEVERA,
    já passei por lá, e comentei o acróstico. Abração!

    JORGE,
    amigo de-além-mar, obrigada por comentar lá no site do Paulo. Beijos!

    ResponderExcluir
  23. ROBERTA MAIA,
    obrigada, garota! Beijinhos de luz!

    PALVRAS (LEILA).
    obrigada, nova amiga, pelos elogios! Beijos!

    LENA,
    era para chorar, amiga? Chorei! Sério!
    Beijos, muito obrigada, de coração!!!

    ResponderExcluir
  24. Também agradeço os comentários lá no site do Paulo Cheng, de: MACEDO DA SILVA; RODRIGO CRISPIM e DRIELE. Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  25. Olá Cissa,
    passei no blog do Paulo e deixei meu comentário, mesmo não entendendo direito o que você quis dizer no texto, por isso deixei minhas impressões sobre a Sra. Yoko Ono.
    Bom dia pra você.

    ResponderExcluir
  26. WILLIAM,
    obrigada pela leitura e comentário. O texto versa sobre a dualidade humana. A Yoko é apenas estímulo para essa reflexão. Abraços!

    ResponderExcluir
  27. Belo e bem escrito texto.
    Concordo quando dizes que muitas vezes desejos onipresença nos assuntos alheios, mas isto não é regra geral,não é mesmo? Enfim, a questão é que em dado momento estamos a querer exercitar a nossa capacidade de um xadrez de emoções,mesclado com o intelecto e aí a coisa pode desandar...rs.
    bjs e paz.

    ResponderExcluir