quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Notícias do Uruguai

Fotografias de Ana Cecília Romeu
Praia de Atlántida - Uruguay

   Minha amiga Cissa veio me visitar, e quanto mais eu perguntava do galã Brad Júnior, que ela afirmou ter visto semana passada no Uruguai, menos me falava sobre ele. Quando fui um pouco mais firme, ela me disse:
   - Laura, calma! Olha aqui, tenho até uma foto com ele – disse Cissa
   E mostrou-me a tal foto:


   - Mas isto é só os pés do cara! – eu disse – E ainda uma foto toda desfocada.
   - Laura, este é ele, sim, no Uruguai. Você vai ter que acreditar em mim, este é ele! É muito difícil tirar uma foto com todas as fãs em volta. Ele está por lá promovendo uma participação num filme europeu.
   Logo a Cissa retornou ao assunto ‘Uruguai’, me mostrando uma crônica:

Uruguai ai ai*

    Conheço mais cidades do Uruguai do que propriamente do Rio Grande do Sul, onde nasci e me criei. Meu pai era o único brasileiro de uma família de uruguaios. Desde muito pequena ia por lá, além de morar alguns anos em Rivera, cidade na fronteira com o Brasil.
   Falar em Uruguai é falar de seus campos extensos e planos, de um país que ainda vive da agricultura e pecuária, tendo na indústria do arroz e láctea duas grandes frentes, além da carne e derivados.
   Destino certo das férias de uma parcela de brasileiros, é um país em geral seguro que atende com cordialidade estrangeiros de todo o mundo, tendo pelo Brasil um carinho especial.
   Ao observar o que poderia distinguir o Uruguai, percebi que existem coisas na dia-a-dia que provocam contrastes imensos do passado com o futuro.
 Foi lá pela primeira vez que vi um supermercado possuir acoplado nos carrinhos, máquinas de calcular, e isso foi nos anos 80. Com o advento da internet, é fácil encontrar wi-fi até em barzinhos de bairro. Um espetáculo à parte são os carros dos anos 50 e 60 em plena atividade, circulando nas ruas junto com lançamentos importados de grandes marcas, que ainda nem chegaram ao Brasil. Nas rádios o tango de Gardel e o Techno se misturam.


   Grande parte da população reside na capital, cidade com características e problemas comuns de um centro com um milhão e meio de habitantes. Na arquitetura, prédios do início do século passado em art decó, sobrados em estilo art noveau; contrastando com edificações modernas automatizadas até com aquecimento no piso. 

Praia de Pocitos - Montevideo




Rambla - Montevideo
Teatro Solis  - Montevideo
Rambla - Montevideo

   A outra parte da população encontra-se espalhada pelo país. Existem povoados de poucas ruas que lembram cidades fantasmas do velho oeste, como Tranqueras, onde o tempo parece que parou, embora a TV a cabo e a internet estejam em uso.
   Uruguai: passado, futuro. Não parece existir tempo presente por lá. Quando o vemos pela primeira vez, dizemos “gostei”; quando saímos, “voltarei”, nesse momento esse país se cumpre sem o momento agora.

*Crônica publicada nos jornais: VS (São Leopoldo), NH (Novo Hamburgo),
Diário Popular (Pelotas), Correio Rural (Viamão), 
Correio de Gravataí e Diário de Viamão.

Todo se transforma - Jorge Drexler

Dedico esta postagem ao meu pai, Oscar da Silva Rodrigues, que infelizmente não posso mais abraçar pessoalmente no dia dos pais, mas que amava intensamente este país, o Uruguai. 

Dedico também a todos os papais que lerem esta.

Praia de Piriápolis

Argentino Hotel - Piriápolis - Em domingo de corrida de automobilismo.

Porto de Piriápolis

Hotel Colón - antiga casa de praia do fundador da cidade: Francisco Piria

Castelo de Piria - Antiga residência de Francisco Piria

Santa no cerro (morro) San Antonio - Piriápolis

Churrasco uruguaio, a tradicional 'parrillada' feito à brasa de lenha.

Postre(sobremesa) com doce de leite!

Típico restaurante uruguaio, com coifa para o fogo de chão,
outra maneira de preparo do churrasco.

Punta Colorada - Piriápolis

Praia de Atlántida

Punta Ballena - ao fundo: Punta del Este

Casa Pueblo - em Punta Ballena

Marina de Punta del Este
Rambla de Punta del Este - ao fundo: ilha Gorritiz
No Cerro San Antonio - Piriápolis -
Foto de autoria da minha filha Luíse, então com 4 anos.

62 comentários:

  1. Pessoal,
    tentei neste post uma inovação: misturar a novela das Histórias do Condomínio com uma crônica. Eis aqui. Aguardo o feed back de vocês.

    Agradeço antecipadamente.

    Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  2. Amiga Cissizinha,
    Bem que eu disse que a Cissa seria uma boa aliada da Laura, só não teve sorte com a foto do Brad, apesar de ser uma ótima fotógrafa.
    Creio que deve ser diferente ter binacionalidade.
    O Uruguai realmente tem pontos turísticos espetaculares.
    Essa sobremesa parece uma panqueca doce.
    Bela homenagem a seu paizito.
    Realmente é lamentável que seu Oscar da Silva não esteja mais entre nós (plano físico)para ver o quanto sua filha é amável, inteligente, ama-o tanto e é grata por tudo que lhe fez enquanto vivia.

    Abraços sinceros do amigo!

    ResponderExcluir
  3. Bonitas fotografias. Penso que visitar o Uruguai é um acontecimento na vida de qualquer pessoa. É um país de características próprias. A sua economia e as suas gentes, as suas cidades e os seus campos.
    Vou vendo estas reportagens e fico feliz meditando em tanta beleza por esse mundo....

    ResponderExcluir
  4. Belo alvorecer menina amada !!!!!
    Menina querida !!!!!!!!
    Que postagem radiosa,cheia de belíssimas imagens que nos deixa como colírio para nossos olhos cansados.
    Homenagear o pai é uma dádiva que poucos carrega,mas vc sabe dividir sempre esse bem querer ...
    Bjs menina amada e querida !

    ResponderExcluir
  5. Olá, parabéns pelo seu blog!
    Se puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  6. Legal Cissa!
    Essa viagem virtual pelo Uruguai!

    Eu gosto muito de dois caras uruguaios, Pablo Forlan (pai desse que está no inter) e Diego Lugano. Dois ídolos do meu time.

    Hahahahhahahaha, gostei da foto do sapato também!


    Um abração minha amiga, fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Cissa!

    Faz tempo que não vinha por aqui comentar os seus escritos, mas a verdade é que fui lendo tudo!
    Na impossibilidade de deixar as minhas impressões sobre todos os posts - espero que me perdoe - fico-me por este e
    farei alusão a um ou outro anterior.

    As histórias do condomínio a cada capítulo estão mais interessantes! São de morrer de rir! Este é bem o cantinho do Humor em Conto! Essa foto dos pés, então, está preciosíssima! A Laura tanto que queria ver o Brad Junior e teve que contentar-se com os pés dele! Veremos como vai ser quando chegar a Xerife, perdão, D. Josefa!

    A sua crónica sobre o Uruguai está bem interessante: desconheço por completo o país - nunca fui a nenhum país da América, seja do Norte, Central ou do Sul, mas fiquei com a ideia de que nesse país a modernidade vive lado a lado com o passado...
    Luíse é uma verdadeira fotógrafa!
    Bela homenagem ao seu pai; estaria orgulhoso de ver tanto talento e babado de tanto carinho!

    Não conhecia o cantor; pela moeda - um euro - é espanhol, não é? A música é muito agradável, a letra uma verdade irrefutável.

    Agora das crónicas anteriores recordo a dos sonhos, por causa das bolas de berlim em Portugal - esse doce, no nosso país, foi introduzido por alemães. O creme era de geleia de frutos, originalmente.

    A sua irmã é o anjo da guarda da Anja! Parabéns para ela! E até os animais também sabem reconhecer o bom dono! Quem sabe ela não retribuirá um dia? Anos atrás contaram-me uma história de uma vaca que, apercebendo-se de que entre o dono e um outro homem ia começar uma cena de pancadaria, colocou-se entre ambos e impediu a situação, até que chegou mais gente e os agarrou! E tantas outras histórias: um javali salvou a vida a uma senhora que tivera um AVC ou algo assim, pondo-se na estrada para chamar alguém, por exemplo!

    Quanto à postagem sobre espiritualidade, poderia falar da minha experiência, como a Cissa, mas é uma longa história! Espiritualidade é vida interior, e essa é que é difícil de ordenar e conseguir, só digo!

    Que bom que conheceu Luciana Santa Rita! Ambas estão de parabéns!

    Quanto ao post "Dê um passo à frente quem for mulher" gostaria de acrescentar o seguinte: a mulher é de facto igual ao homem, menos em questões fisiológicas; creio que as diferenças de ideias - e não digo sentimentos, lá está - , vêm da educação. Tenho uma colega, mãe de um menino agora com doze anos, que aos quatro lhe pediu uma boneca e ela deu-lha sem alarido. A sua filosofia foi a de que há muita hipocrisia na questão da educação diferente! Homens e mulheres esquecem a igualdade ou ignoram: um homem pensa que o amigo é mais amigo, só porque é homem! A mulher não sei, mas tem tendência a confiar mais em amigas. Porquê? Às vezes as amizades homem / mulher são as mais verdadeiras! Depois, há homens que fantasiam as mulheres - seja para o amor, seja só para a amizade - e vice-versa e porque algo corre mal uma vez, pensam que em todos os relacionamentos, mesmo que só de amizade, vai ser sempre assim... Pena, não é ? Tudo por falta de diálogo! Supomos o que vai nas mútuas cabeças, mas não damos a conhecer os nossos pensamentos e sentimentos sobre nós e e o (a)outro(a)! Quanto caminho ainda por trilhar!

    E fico-me por aqui, valeu?

    Abreijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Clarissa,
      muito obrigada!
      O cantor Jorge Drexler é uruguaio, nascido na capital federal - Montevideo, mas atualmente reside em Madrid - España.
      Abraços!

      Excluir
  8. Oi Ceci! Que bom que gostou do Confissionarium, obrigada pelo carinho das palavras e pela visita. Menina! Tu sabes que deu-me um dica maravilhosa. Não sabia para onde ir nas férias de fim de ano e agora já sei. Vou passar em POA e depois vou para o Uruguay. Muito bom o teu post, tão bom que me sugeriu a viagem. Amei! Um abraço cheio de carinho. Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Minha flor, Cissa, pareço criança acompanhando as travessuras de Laura, mas fiquei com dó quando sua xará mostrou a foto dos pés do galã! Imagino a expectativa frustrada de Laura. :(
    Quanto ao Uruguai, bonitas imagens e paisagens em homenagem a memória de seu paizinho.
    Bjoks

    ResponderExcluir
  10. Oi MAninha Cissa.....tudo bem?????
    Que bacana a tua postagem..lindas fotos!
    Amei conhecer um pouco do Uruguai....
    Qdo.estive lá senti uma energia muito boa daquele pais...
    Imaginava-o diferente!
    Lembrei daquela postagem que fiz.... lembra?
    Qualquer dia desses vou reposta-la.
    Foi uma das que gosto mais!!

    bjinho a todos..um especial a sua filhotinha fotografo..
    que te deixou ainda mais linda!!

    ResponderExcluir
  11. Pelo menos os PÉS vieram,rssr E lindas fotos.Adorei!!beijos,chica

    ResponderExcluir
  12. Oi Cissa...
    Lindas fotos...Amei conhecer um pouco de Uruguai...Vim te convidar para o sorteio de 1o Aniversário do Denguinho.
    Nyan nyan
    Nina

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde, Ana.
    Pelo menos sabemos que Brad Júnior tem pés, o que já é alguma coisa; mais umas 50 fotos e talvez dê pra ver uma sobrancelha ou, com sorte, uma orelha.
    Interessante essa coisa de carros antigos transitarem na rua (parecido com o que ocorre em Cuba, onde podem ser vistos aqueles ônibus antigos, vindos dos EUA).
    Pra mim a sobremesa também lembrou uma panqueca doce, o que é algo bem inusitado.
    Belas paisagens e uma cultura bem pitoresca; e sua filha tira foto melhor que muito adulto.
    Abraço, Ana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jacques, querido guri de Pelotas!
      É, sim, panqueca de doce de leite! hummm...
      Abração!

      Excluir
  14. Cissinha, grande amiga!

    Amei o mix de Crônica com a história do condomínio: mas uma foto dos pés não vale... Que tal subir em árvores para fotografar o galã?

    Bah, que legal essa música, esse Jorge é tudo de bom. Adorei conhecer o Uruguai através de você e de sua história, saber do seu papai também foi muito legal. Os lugares fotografados são lindos, dá vontade de conhecê-los imediatamente.

    Beijo e ótimo restinho de semana, aguardo mais novidades.

    ResponderExcluir
  15. rsrrss... Cissa, podia não ser o Brad Junior na foto, mas podia ser também. Então...

    A crônica é linda, fiquei encantada com o Uruguai. Já o incluí entre os países que desejo conhecer. Tenho muita vontade de morar em outro país, e, olha, sua crônica, mais as fotografias, os lugares... O Uruguai me balançou. E está perto, nem preciso sair do continente.

    Tudo lindo demais, Cissa, a crônica, o país, tudo!

    um beijo.

    ResponderExcluir
  16. Não conheço o Uruguai, mas sua apresentação foi excelente. Você tem raízes naquela terra e a mostrou com sensibilidade e afeto, despertando interesse. Aliás, a foto tirada por sua filha está ótima. Menina talentosa, ela.
    Pensei que ia ter mais notícias sobre o galã e estou frustrada. De que valem os pés, senão para caminhar? Não identificam ninguém (heheheheheh). Laura deve estar muito chateada com a Cissa. Fiquei com dó dela!!!!!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  17. Oi Cissinha,

    Boa noite? Tudo bem?

    Gostei muito do mix literário que você produziu. Não senti elevada diferença, pois vários textos anteriores do condomínio já estão sendo acompanhando com temas que refletem sentimentos, análise e retratos do cotidiano, ou seja, belas e inteligentes crônicas. Tenho apreciado, pois estou lendo os textos anteriores do condomínio e já fiz essa releitura.

    Quanto o encontro de Laura e Cissa, penso que tem mistério no ar, pois a Cissa me parece uma excelente fotógrafa esse click. Mas valeu a presença de espírito e confesso que ri muito com aqueles sapatos e acho que eles não combinam com o Brad, pois penso nele como um cara descolado, cool e como gosto de sapatos, esses estão muito tradicionais. Gosto tanto de sapatos que um dia me encontrei em um texto de Carpinejar com essa frase e está colada no post it: "Remédio não cura depressão, o que nos salva são os sapatos novos"

    Quanto a crônica, a sua descrição da cidade é melhor do que qualquer guia turístico, pois você falou com amor ao que viveu, as lembranças que te moldaram como ser humano e mulher. Além disso, descreves o aspecto econômico, ambiental, tecnológico, gastronômico, musical e cultural, tudo isso, em breves, mas intensos parágrafos. Só se tem segurança para fazer isso quem pode caracterizar o cheiro da terra.

    Sabe porque a expressão o tempo é pai de tudo? Porque só um pai pode ser tão complexo e definitivo. Logo quem não teve um, não vai encontrar as soluções que só o tempo pode dar, ou diria um pai. O país lembra o seu pai, que permite trazer o seu passado ao presente, como a mulher perdigueira que se transformou e que deve muito ao seu Oscar, seja na presença o na falta que ele faz. Não dizem que o amor de pai tem o seu preço!

    E como diz a música do Jorge Drexler, tudo se transforma, exceto o amor que moldou o nosso caráter. E que o dias dos pais, possa ser lembrado pelo tempo em que seu Oscar esteve com vocês.

    Amiga, que nesse domingo você possa estar com o pai de sua filha, seus cunhados, sogro, vivendo essa lembrança.

    Envia ao Pedro os meus cumprimentos, pois ele é um pai maravilhoso para a sua Luíse.

    Beijos.

    Ah e que belas fotos são essas do Uruguai, espero que a Laura não veja, risossss

    ResponderExcluir
  18. Demais!!!! Ri muito com a foto dos pés rs...
    As imagens estão belíssimas e o texto um primor!
    Amei o Jorge Drexler ali no meio!
    Bjo, bjo, bjo

    ResponderExcluir
  19. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… foto bonita essa, heim!?!?!?! hahahahahahah… pô, a Laura deve ter surrado mesmo, com essa foto!

    Cissinha, confesso que nunca me interessei muito em saber sobre o Uruguai… preconceito, provavelmente… mas, depois que conheci vc e vejo como vc fala de lá, passei a olhar de forma diferente! Isso é bom!!! Adorei as fotos… menos a do brad! hahaahhah E aquele postre!!!?!? Adorooooo doce de leite… nhammmmm!

    Desculpe a demora em aparecer, querida… aos poucos estou retomando minha rotina. Passei na postagem anterior, tbem, para poder me situar no conto!

    bjks JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  20. Caramba Cissa!

    Muito legal a sua crônica, saber um pouquinho mais sobre você. Como de praxe, muito bacana as fotografias, saber a respeito dessa disparidade tecnológica que existe lá, mormente a cultura que nos transpassa aqui no Humor em Conto. Com efeito, o Uruguai sempre me aparentou ser um país muito singular, pretendo conhecê-lo.

    Grande beijo querida!

    ResponderExcluir
  21. OLá querida amiga cronista!!

    Bem, de início , achei a maior sacanagem apenas a fotografia dos pés do Brad Junior, pois como a Laura, também eu gostaria de ver esse galã. Mas, depois, viajando com você pelo Uruguai, através da deliciosa cronica e imagens, nem me importei com o um terço de imagem do bonitão.
    Gostei também da foto que a tua filhinha Luise tirou, e achei muito bonito você dedicar essa postagem ao teu pai Oscar da Silva Rodrigues, pelo Dia dos Pais!

    Mas, voltando à Laura, o que será que a Laura ficou pensando da Cissa, ao lhe mostrar apenas os sapatos do Brad? Isso ainda vai render...ah, se vai!

    Linda noite pra você, minha querida!!

    BJos da Lu....

    ResponderExcluir
  22. Brad Jr tem pés, isso é bom eu acho kkkkkk
    Adorei as fotos do Uruguai, espero um dia poder ir lá.

    ResponderExcluir
  23. Hi Mrs. Vampire!
    Ri alto aqui da foto. O Brad Júnior não tem lá muito bom gosto para escolher calçados. rs.
    A respeito do Uruguai, lembro que a primeira vez que visitei com meu pai uma coisa que me chamou a atenção lá foi um velório, onde pessoas pareciam celebrar a morte, fazendo churrasco. Um hábito que acabei por descobrir que ocorre em outros países latinos, tal como o Paraguai. Se alguém fizer churrascada e ficar papeando no meu velório, eu levanto do caixão e saio dando porrada em todo mundo. ahahaha. #zoa.
    Sua crônica teve uma descritiva perfeita, o Uruguai realmente é um país peculiar e meio fora de época. Mas eu acho interessante ter esta mistura cultural na família como você tem ou, no mínimo, não se alienar nas típicas excursões a Disneyworld (nada contra, mas temos que valorizar também o que está tão próximo, tão aqui na cara da gente), acabamos tendo uma visão muito mais ampla, principalmente na arte. Conhecemos filmes e bandas, músicos que ninguém ouviu falar e, no mínimo, acabamos nos indignando.
    Acredito que esta indignação que ao menos eu sinto, é a má vontade que os brasileiros tem de buscar um conhecimento tão vasto e que está tão ao alcance...

    PS: Estou sendo trollado pelo Blogger. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi Mr. Vampire!
      Li agorinha mesmo teu post sobre o bug. Muito chato isso..., vamos aguardar então. No meu caso eu tenho tido dificuldade de comentar em alguns blogs com fundo preto, pode isso? Não sei se por coincidência, apenas.
      Beijos e ótima madrugada e quinta-feira!

      Excluir
  24. Belas imagens amiga,,,belos lugares e belas histórias...beijos de bom dia pra ti.

    ResponderExcluir
  25. Oi Cissa!
    Poxa, nem pra tirar uma fotinha melhor, hein, Cissa, pelo que pude notar, sua filha tira foto melhor que você, hehehehhehe.
    Uau! O Uruguai parace um lugar legal. Ah, se eu pudesse passar a vida viajando por todos os lugares do mundo.

    Bjuss

    ResponderExcluir
  26. Cada foto linda! Adoro fotografia!!!
    Parabéns... Fiquei com gostinho de conhecer o Uruguai.
    Bjs

    ResponderExcluir
  27. cecília, querida amiga,
    conhecer o uruguai pela tua voz é muito mais do que encontrar-me com um país; é que nas palavras não há apenas geografia, mas também alma e paixão, duas das molas que fazem avançar o mundo. a prova disso, a forma como dedicas este post a alguém que te ajudou a descobrir o verdadeiro sentido do amor - ele, sr. óscar, que em certo sentido se confunde com o próprio uruguai.

    beijinho grande!

    p.s. esse doce de leite por cá chama-se crepe. e como é bom! :)

    ResponderExcluir
  28. Cissa querida,

    Esta foi demais... fotos dos pés!!! Será que seriam mesmo do Brad? (rsrsrsrsrs). Que decepção para a Laura!

    Você nos trouxe uma bela visão do Uruguai. Nota-se paixão em seu relato. A crônica é linda.
    Também foi muito doce essa maneira que você utilizou para homenagear seu pai.

    As fotos são lindas. Obrigada pelo belo passeio!

    Beijão.

    ResponderExcluir
  29. Olá!Bom dia!
    Tudo bem, Cissa?
    ...também ri em baldes com esta foto...penso que se for ele mesmo... é meio duvidoso na escolha de sapatos...
    ...gostei da crônica inserida no contexto!Bela homenagem ao seu pai!
    ...as fotos/imagens do Uruguai são belíssimas ! Também, não conheço nada, parece me que tem bastante lugares e paisagens belas e aprazíveis, natureza generosa...e a gastronomia, hum....este postre deve ser delicioso...
    Boa quinta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Oi Cissa!

    Tudo bem?

    Adorei ler a tua crónica acerca do Uruguai e as fotos. Gostei principalmente da praia da atlantida. O Uruguai é um belo país, transmites a sua beleza não só pelas fotos mas também com descrição que fazes na crónica.

    Em relação às Histórias do Condomínio está bastante intrigante!
    Primeiro, o binóculo. Agora uma foto desfocada dos pés do Brad Júnior! Eu acho que a Cissa a está enganar e aquela foto devem ser daquelas que se encontram pelo google. Só que ela está tão obcecada por Brad, que nem se lembra dessa possibilidade!

    O Amor é cego! ;)

    Obrigada pela visita, pelo comentário. És sempre bem-vinda! Diz-se benfiquista, porque o clube é o Benfica. :)

    Já ouvi falar do Grémio, mas conhecer não conheço. Irei pesquisar para saber mais. :D

    Também vais participar da 2ª BC dos Escritos Lisérgicos?

    Eu vou participar, ando aqui às voltas com o post.

    Um beijo e um dia feliz,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. Bahhhhhhh... que saudade do Uruguai... mesmo eu tendo passado dez dias em fevereiro na minha (?... rsss) Piriápolis! Destino certo uma vez por ana, espero, enquanto eu for viva... hehehehehehe

    Mas este post que mesclou fantasia com realidade ficou realmente muito bom, até porque lembra o nosso velho (que nos deixou ainda novo, no meu entender!) Oscar Rodrigues!!!! Parabéns, Ana!

    Lendo me lembrei de duas coisas. A primeira: Praia de Pocitos, também chamada, "La pequeña Copacabana"... queridos eles, né? A segunda: "isso aqui tá mais rápido que o carnaval em Tranqueras"... poxa, o que pode se esperar do carnaval em uma cidade que tem apenas uma rua principal com poucas quadras? rsssss

    Saudosismos a parte: PARABÉNS AOS PAPAIS QUE FREQUENTAM O HUMOREMCONTO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh... eu matava essa tal Ana se me apresentasse essa foto de pontas de pé, e ainda por cima desfocada!!!! A Laura até que é paciente... hehehehehehehe

      Excluir
    2. Ahhhhh... lembrei outra coisa... essa sobremesa tem aqui em POA também, no Restaurante La Pasiva (rede uruguaia também instalada por aqui). Eles servem quente e com uma bola generosa de sorvete de creme... hummmmmm "dilíiiiicia"!

      Excluir
  32. Uau, que imagens de encher os olhos!!!!
    A crônica e as imagens se complementam tão bem, que dá uma vontade danada de conhecer o Uruguai agora mesmo, ehehehe..
    Gostei desse capítulo das "histórias de condomínio", ficou bem interessante.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  33. Cissinha,

    Boa noite! Depois envia o link do jornal para que eu possa ir lá te prestigiar.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  34. Cecilia

    Todo muy bonito.
    Las fotografías son una maravilla.
    Abrazos

    ResponderExcluir
  35. Um maravilhoso final de semana pra ti minha amiga, repleto de paz,,poesias,,,flores e beijos e beijos...

    ResponderExcluir
  36. Cissa, soube muito bem nesse capítulo, contar um pouco mais sobre esse gracioso país que é o Uruguai e ao mesmo tempo nos apresentar as suas maravilhas. Fotos belíssimas de lugares encantadores aos olhos e agradável a mente, não tenho dúvida de afirmar. Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  37. Saberás que há pedras brancas na ilha
    Que a raiva é cegueira à maravilha
    O mar às vezes se veste de maresia
    Que um amor no amar confia?

    Saberás que às vezes escondo o coração à crueldade do mundo
    Que o que outrora desejava agora receio
    Que a minha desesperada mente combate a tua
    Que a ternura às vezes morre ao meio da rua
    Bom fim de semana

    Doe beijo

    ResponderExcluir
  38. Tudo bem sim Cissa e com vc??
    Realmente a gente aproveitou bem a viagem mas não a visita.
    Abç

    ResponderExcluir
  39. Não sei se você se lembra Cissa, mas no filme "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain", a Amélie tenta convencer o pai a viajar lhe enviando fotos de um anão de jardim, que ela faz circular por diversas partes do mundo com a ajuda de uma amiga que é aeromoça. As postagens que leio na blogosfera sobre viagens e lugares diferentes funcionam para mim da mesma forma com que o truque do anão funcionou com o pai da Amélie, foi o que aconteceu agora, ao ver as fotos sentir algo tão bom, algo que me impulsiona a sair nem que seja por alguns dias de minha rotina e colocar o pé na estrada, uma pena que não seja assim tão fácil... Ótima crônica!

    Abração bem forte Cissa!

    ResponderExcluir
  40. Minha querida

    Foi uma viagem imensa pelas memórias do seu pai e pelas fotos em jeito de homenagem.
    adorei esta visita por usos e costumes do Uruguai, que não conheço.
    Um beijinho com carinho e bom Domingo
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  41. Um feliz dia dos pais a todos os pais que fazem parte da sua vida,,,amor,,,poesias e carinho sempre minha amiga....beijos e flores...de boa semana...

    ResponderExcluir
  42. Cissinha,

    aposto que Sherlock Holmes seria capaz de encontrar o Brad Junior e fazer uma descrição completa do gajo apenas com essa ponta de sapato e desfocada. Eu até pensei em algo referente à personalidade, tipo "O sujeito tem por volta de 1,93m, a julgar pelo estilo de sapato; apesar da vaidade com a sua estatura e faz questão de deixar isso evidente com o estilo do sapato, não se prende muito a outras vaidades como andar por aí com calçados impecavelmente engraxados, de forma que temos um homem que não se enquadra na categoria 'metrossexual' - e assim deve andar de forma mais simples e casual nas ruas, até para pode circular livremente e não chamar tanto a atenção das fãs".

    Gostei bastante da inserção da crônica ao conto/novela e mais ainda por ser sobre o Uruguai, um país vizinho e protagonista em muitos momentos junto ao Brasil na história da América do Sul e tão desconhecido - ao menos cá 'nos trópicos'. Aliás aqui em Salvador existe um bairro chamado "Uruguai". Pesquisarei se não se trata de uma homenagem ao país.

    E que belas fotos. Uma bela viagem ao Uruguai!

    Beijinho, Cissinha! :)

    ResponderExcluir
  43. Que legal o que vc escreveu deu saudade.....
    Eu fui morar em livramento/rivera com 5 anos e fiquei por la mais 25 anos..parabens pelo texto e pelas fotos lindas....

    ResponderExcluir
  44. Que legal o que vc escreveu deu saudade.....
    Eu fui morar em livramento/rivera com 5 anos e fiquei por la mais 25 anos..parabens pelo texto e pelas fotos lindas....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitorio,
      muito obrigada por seu comentário!
      Morei em Rivera/Livramento de 1977 a 1981. Tenho parentes por lá e vou pelo menos uma vez ao ano.
      Abraços!

      Excluir
  45. Pessoal,
    obrigada a todos pelo atenção na leitura e comentários!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  46. Oi Cissa,

    Que jeito legal de homenagear o país e o seu papai. Eu não conhecia quase nada do Uruguai, belíssimos lugares. A gente ouve fará muito de Punta Del Leste, mas certamente existem muitas outras maravilhas para se conhecer.

    Beijos pra você, ótima semana!

    Leila

    ResponderExcluir
  47. Não há como não se emocionar com um relato sobre este país que já teve grau de desenvolvimento igual ao da Suíça.Local que quem conhece volta com certeza,os Uruguaios tem uma acolhida que eu não vi em nenhum lugar.Parabéns Cissa por me apresentar esse lindo país.

    ResponderExcluir
  48. Oi Cissa

    Estou atrasada como sempre. É linda esta homenagem ao seu pai.
    Assim como o meu sinto saudade.
    Que bom saber mais um pouco de Uruguai por você. Tenho um parente uruguaio que mora aqui em S.Paulo,casado com uma sobrinha. Disse-me que Uruguai é ainda um lugar sossegado de muita paz. O dia em que ele vier aqui em casa vou mostrar esta postagem.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  49. Oiii Ana, muito bom estar aki com vc, li histórias bem humoradas por aki, mas claro que o que me chamou atenção foi esse post com fotos de Montevidéu e Punta, estive recentemente nesses lugares, em Abril deste ano, andamos muito por esses lugares, Teatro Solis, a Cidade Velha, os Parques de Montevidéu, Em Punta Ballena a CasaPueblo, nossa, que lugar lindíssimo, Jamais vou esquecer o por do sol que vimos da CasaPueblo! Uma bela homenagem ao seu pai! Eu gostei muito do Uruguai! Bjoooooss

    ResponderExcluir
  50. Linda homenagem Cecília, neste dia em que no Brasil se comemora o dia do pai. Palavras cheias de ternura, as que dedica a seu...
    Gostei desta visita guiada por si ao Uruguai, obrigada pela partilha.

    Beijos
    cvb

    ResponderExcluir
  51. Elisa, Kellen e Cecília,
    muito obrigada a vocês!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  52. Olá Cissa,
    Vamos por partes, primeiro: que foto é aquela? A moça me tira uma foto do Brad, atrapalhada pelas fãs, e só consegue enquadrar os sapatos? hahahhahahhahha, rachei de rir aqui!

    Depois, sabe que nunca fui ao Uruguai? Deve ser um país encantador mesmo! Eu não sabia da história da máquina de calcular que citou no texto, pois pequenos detalhes como esse demonstram um grande senso de justiça de um povo!

    E para finalizar, além das maravilhosas fotos (incluindo aquele doce maravilhoso que fiquei com vontade de comer agorinha mesmo), achei o máximo aquela foto do carango velho com um adesivo do AC/DC... Muito massa, show de bola!

    Abraços, Flávio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Flávio.
      Interessante que fiquei esperando todo tempo alguém falar do adesivo do AC/DC e só você falou!
      Beijos!

      Excluir