segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Série "O" - Conto 6 - O Futebol 2


   Até um ano de casado, meu marido nunca me respondia a simples pergunta que vez por outra lhe fazia:
   — Para qual time de futebol você torce, meu amor?
   O cara ficava parado, olhava para os lados, depois sempre dizia:
   — Tanto faz..., não gosto de futebol, mesmo...
   Era sempre a mesma resposta. Tudo nas reticências...
   Eu sou roxa de tão azul pelo meu querido time tricolor gaúcho, Grêmio. E ele sabendo disso, esperou os 365 dias de casamento. Passado o primeiro ano de "ajuste" matrimonial, me olhou de soslaio e disse, num tranquilo café da manhã dominical:
   — Meu amor, acho que torço para o Internacional.
  Imagina, era só o Internacional, time arquirival do Grêmio. Coisa pouca... Sem dor nenhuma. Mas naquele dia, tive que dormir de tarde, a famosa "sestia", como dizem aqui no sul. Fiquei calma e a tal coisa foi ficando menor, menor, e fui esquecendo. Mas, algumas semanas depois, em visita a casa do sogro, conversando com uma cunhada, descobri que meu marido "achava" que torcia para o Internacional, há muito tempo, provavelmente desde que nasceu. Penso que na maternidade do Hospital de São Sebastião do Caí, tinha um menino chorando no ritmo da musiquinha: "Inter, clube do povo!" Um horror! Me senti traída. Produto defeituoso, sem possibilidade de troca. Passado um ano de uso, nem tinha como devolver o cara para seus pais, já tinha perdido a garantia.
   O cara é colorado? Tudo bem, fica calma... Espera aí! O cara é colorado? 
   Tudo bem se ele torcer para o Inter, é só futebol... Mas o cara é colorado?
   — Por que tu não me falou que era colorado? — disse furiosa.
   — Achei que não era importante — disse o marido.
   — Pois é, a questão não é tu torcer para um time adversário, é tu nunca ter dito nada. Parece traição, escondendo informação. Agente duplo da CIA? — disse mais furiosa ainda.
   — Quando a gente se conheceu, tu disse teu nome e logo já foi dizendo para que time de futebol torcia, como se fosse teu sobrenome: "Ana Grêmio" — disse marido.
  — Eu estava me apresentando para o senhor Pedro Internacional, que na época se chamava, Pedro não gosto de futebol — eu disse muito irritada.
  — Tu sempre falou que só ia casar com gremista, que a metade da cama estava reservada para um torcedor do Grêmio. Se eu dissesse a verdade... — disse o marido
  — Se eu dissesse a verdade, o quê? — perguntei.
  — Ora, não teria casado contigo! — disse marido.
  Segundos depois da última afirmação, que considerei algo do tipo: declaração de amor meio torta, deixei por isso mesmo. Afinal, é só futebol, deixa o cara se expressar. Fazer o quê, se meu princípe encantado era um príncipe encantado colorado? o que poderia tê-lo rebaixado a sapo...., mas tudo bem, de sapo não tinha nada. Tudo bem.
 Passados alguns anos da famosa revelação de meu marido, mais precisamente hoje, dia 20 de dezembro, há pouquinhos minutos atrás, minha filha de três anos, me olhou no café da manhã, deu sorrisinho e cantou:
  — Inter, clube do povo! Inter, clube do povo!— no ritmo certo, sem desafinar
 
Bom que tivesse sido ficção, mas tudo aí acima, com alguns enfeites, foi verdade, mesmo!


17 comentários:

  1. rs
    E viva meu Cruzeiro!
    Mais um conto interessantíssimo de futebol em teu blog...espero que tenham mais do estilo!
    Parabéns!

    http://momentoliterario.zip.net/

    ResponderExcluir
  2. É por essas e outras que sou Fluminense. Atualíssimo Campeão Brasileiro...eheheh.
    É incrível a rivalidade dos dois grandes do RS. Acredito que talvez seja a maior do Brasil. E claro, essa sua crônica (?!?!?! eheheh) foi muito engraçada. Dentro de casa?????? eheheh
    Eu não tenho esse problema. 26 anos de casado, única filha com 22 e nenhuma das duas torce pra times de futebol.
    Agora, meu neto (ou neta), sem qualquer imposição minha, será Tricolor (das Laranjeiras). eheh
    Boa tarde.

    ResponderExcluir
  3. Ah, ia me esquecendo...
    Cissa, Supertramp é ótimo!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. "Agente duplo da CIA?"
    Eu ri com essa frase! uahsuahsuhauhsuahsuahuahsas
    Mas é verdade, os homens adoram omitir certas coisas! --'
    Cissa, o teu blog ta ótimo como sempre!
    Abraços e Ótima Semana!

    ResponderExcluir
  5. Que tri!!!! Marido e filha no bom caminho! hehehehehe

    ResponderExcluir
  6. É, teu marido e tua filha tinham que ter um defeito: são colorados, hehehehe!

    É como eu digo, tem gosto pra tudo... e mau gosto tbm, até na escolha do time!

    Saudações Tricolores!!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Nem tudo é perfeito né?! ..rs..

    Minha namorada (futura esposa) e atleticana alvinegra igual eu..rs..

    obs.: desculpe o desaparecimento.. trabalhando tanto que quase não sobra tempo para comentar os blogs.. falta de educação da minha parte né?! .. mas e corre corre mesmo..rs..

    obs.: como é formada em publicidade.. andei postando algumas coisas de publicidade.. procura la no blog depois..rs.. vc vai gostar!

    Beijos,
    P.A.

    ResponderExcluir
  9. Olá, gostei do seu blog. É diferente, ági, bem escrito, engraçado e divertido. Muito bom! Estou te seguindo, me segue também?


    beijos, feliz Natal e fique com Deus

    ResponderExcluir
  10. Olá, gostei muito do blog. Publicitária?! Sou jornalista. Passa lá no meu já estou te seguingo! Me segue? Beijos
    http://www.portalhm.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. mt bom o post

    huahauhau

    to gostando de visitar seu blog, sempre tem uma postagen legal pra passar o tempo

    ResponderExcluir
  12. As paixões clubísticas fazem pensar se não existe por aqui uma "personalidade" gremista e outra colorada. Sempre achei que casamentos são também feitos por essas pequenas (grandes) coisas. Abç!

    ResponderExcluir
  13. Oi Cissa!

    Estou divulgando a comu que criei no orkut, a Discussões literárias no msn. Além de literatura, a comu vai ter um tópico para a divulgação de blogs.

    Aguardo a visita e a participação!

    Abraços e bom fim de ano pra ti e pra tua família!

    OBS: se puder, manda o nome do blog do tom lucas pra eu postar comentários tbm!

    ResponderExcluir
  14. kkkkkkkkkkkkkkkkk adorei, minha flor.
    É, ninguém é perfeito mesmo...essa é a consolação! rsrsrsrsrsrs

    Beijos e te espero lá no blog!
    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. É bem isso... sofrimento em casa.
    Em dia de grenal, sai de perto!

    ResponderExcluir
  16. saoksaosoa Coitado dele, teve que esconde pra que time torcia. Agora, como 'recompensa', tua filha é colorada. haha
    ^^

    =*

    http://izelaize.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. ps.: Seu blog tá na minha lista de blogs ^^

    ResponderExcluir